Acerca deste evento

Desde as primeiras fases da pandemia, os governos têm-se esforçado por encontrar formas de trabalhar em conjunto e controlar o surto do vírus COVID-19. Esta crise tem desafiado a resiliência global dos nossos sistemas e profissionais de saúde, mas também provou a importância crucial de esforços e estratégias internacionais de colaboração para ultrapassar esta crise mundial.

 

O desenvolvimento de uma segura e eficaz vacina contra COVID-19 tem sido considerado, globalmente, um componente essencial da estratégia para controlar a propagação do vírus e os seus impactos.

 

A distribuição de vacinas contra COVID-19 em todo o mundo trouxe uma nova esperança, mas também um novo desafio: como implementar programas de vacinação de forma eficaz e equitativa, tanto a nível nacional como mundial.

 

A Federação Internacional dos Hospitais (IHF), em colaboração com a Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar (APDH), a Federação Brasileira de Hospitais (FBH) e a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), está a organizar um evento virtual para os países de língua portuguesa sobre a implementação e distribuição da vacina contra COVID-19 nos seus diferentes contextos. O evento irá reunir líderes do setor da saúde para avaliarem os primeiros seis meses de implementação e distribuição da vacina, discutirem os desafios e sucessos, e explorarem as perspetivas para o futuro.

 

O propósito do evento é o de alargar a disseminação de informações para promover uma resposta mais efetiva à pandemia e promovir a partilha de informações e o diálogo entre as estruturas que estão na linha da frente do combate contra COVID-19.

 

Em breve estarão disponíveis mais informações sobre o programa e os oradores.

Oradores

Prof. Paulo Marchiori Buss
Professor Emérito, Fiocruz

Médico sanitarista, Mestre em Saúde Pública, Doutor em Ciências. Diretor do Centro de Relações Internacionais em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Ministério da Saúde, Brasil. Professor Emérito da Fiocruz. Membro Titular da Academia Nacional de Medicina do Brasil. Honorário da Academia Portuguesa de Medicina. Doutor Honoris Causa da Universidade Nova de Lisboa. Presidente da Alianza Latino-americana de Salud Global (ALASAG).

Prof. Margarida Eiras
Membro do Governing Council, Federação Internacional dos Hospitais (IHF) e Vogal da Direção, Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar – APDH

Vogal da Direção da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar (desde 2016).

Representa Portugal enquanto Membro eleito do Governing Council da Federação Internacional dos Hospitais – IHF (desde 2020).

Doutora em Saúde Pública, especialidade de Política, Gestão e Administração da Saúde, Escola Nacional de Saúde Pública/Universidade Nova de Lisboa, 2013.

Mestre em Gestão da Qualidade dos Serviços de Saúde, Universidade de Múrcia, Espanha (2011) e Mestre em Gestão dos Serviços de Saúde, INDEG/ISCTE (2004).

Licenciada em Radioterapia (bietápica), Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa/IPL (1983/2000).

Desempenha funções enquanto Diretora, regente e docente do Mestrado em Gestão e Avaliação de Tecnologias em Saúde, ESTeSL-IPL (desde 2018).

Professora Adjunta, da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (desde 2000).

Tem participado em projetos nacionais e internacionais na temática da Qualidade e Segurança do Doente, nomeadamente na Avaliação da Cultura de Segurança do Doente em hospitais e em serviços de radioterapia.

Dr. Adelvânio Francisco Morato
Presidente da Federação Brasileira de Hospitais (FBH) e Presidente da Associação dos Hospitais do Estado de Goías (AHEG)

Formou-se em Medicina em 1988 (UFES – Universidade Federal do Espírito Santo) e especializou-se em Urologia na Santa Casa de Misericórdia de Goiânia. Também tem pós-graduação Latu Senso em Administração em Cooperativas Médicas pela Universidade Católica de Goiás;

Sócio – Proprietário do Instituto do Rim de Goiânia, é o atual presidente da Associação dos Hospitais do Estado de Goiás (AHEG). Anteriormente, ocupou os seguintes cargos na entidade: membro da Comissão de Contrato e Convênios na gestão 2006/2009; presidente nos períodos de abril/2009 a outubro/2010 e 2012/2015; e tesoureiro geral na gestão 2015/2018;

Na Federação dos Hospitais e Laboratórios, Clínicas de Imagem e Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Goiás foi conselheiro fiscal de 2007 a 2009, tesoureiro geral nos períodos 2009/2012 e 2012/2015 e diretor da área de hospitais na gestão 2015/2018;

No Sindicato dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Estado de Goiás ocupou os cargos de secretário adjunto e secretário geral nos períodos de 2009/2012 e 2012/2015, respectivamente. E na gestão 2015/2018 foi eleito membro efetivo do Conselho Fiscal;

Em 2008 foi homenageado pela Assembleia Legislativa do Estado de Goiás com a Medalha do Mérito Legislativo Pedro Ludovico Teixeira;

Foi vice-presidente do SICOOB/CREDMED, de 2000 a 2002;

Entre 1999 e 2002, atuou como secretário-geral da Associação Médica do Estado de Goiás (AMG);

Presidiu a Cooperativa dos Médicos do Estado de Goiás (COMEGO) entre 1997 e 2002 e atuou como vice-presidente de 2003 a 2012;

Atualmente preside também a Federação Brasileira de Hospitais (FBH). Participou das gestões 2010/2013 e 2013/2016 da entidade como vice-presidente; e foi secretário geral no período de 2016/2019.

Prof. Carlos Pereira Alves
Presidente da Direção, Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar – APDH

Presidente da Direção da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar – APDH (desde 2016) e Vogal da Direção da APDH (2002-2015) 

Representa Portugal enquanto Governor do HOPE Board of Governors da Federação Europeia dos Hospitais – HOPE (desde 2016).

Representou Portugal como Membro eleito do Governing Council da Federação Internacional dos Hospitais – IHF (2011-2015). 

Cirurgião Geral e Vascular. Estágio de Cirurgia Vascular em Paris, no Hospital St. Joseph / Prof. J.M. Cormier (1979) e no Groupe Hospitalier Pitie –Salpetriere/Prof. J.Natali (1982).

Desempenhou várias funções, como Professor de Cirurgia da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa (2000-2018), Diretor da Cirurgia do Hospital de Santo António dos Capuchos, Lisboa (2004-2012), Presidente do Conselho de Administração do Subgrupo Hospitalar Capuchos/ Desterro – Arroios de (1997 a 2004), Presidente da Sociedade Médica dos Hospitais Civis de Lisboa (2007-2009), etc.

Autor de vários trabalhos publicados em revistas nacionais e internacionais e do capítulo de Doenças Venosas do livro Cirurgia – Patologia e Clínica (Ed. Alves Pereira e Joaquim Henriques, 2006)

Francisco Ribeiro Telles
Secretário Executivo, Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – CPLP

Em 1983 entra para os quadros do Ministério dos Negócios Estrangeiros como adido de embaixada; de 1983 a 1985 trabalhou como adjunto do Gabinete do Primeiro-Ministro; entre 1986 a 1987 oficia como consultor para assuntos de Relações Internacionais da Casa Civil do Presidente da República; de 1987 a 1994 integrou a missão permanente de Portugal na ONU, em Nova Iorque; em 1994 regressa para Lisboa e atua como chefe da Divisão I no Gabinete de Assuntos Políticos Especiais para o Timor-Leste e na Direção Geral de Política Externa; no período de 1995 a 1996 vai para assessoramento nas Relações Internacionais da Casa Civil do Presidente da República e de 1996 a 1999 vai de adjunto a chefe do Gabinete do Ministro dos Negócios Estrangeiros; de 1999 a 2002 serve como ministro-conselheiro na embaixada de Portugal em Madrid; pelos anos de 2002 a 2006 foi embaixador em Cabo Verde e de 2007 a 2012 foi embaixador em Luanda, capital de Angola; entre 2012 e 2016 serviu como embaixador em Brasília, no Brasil daí,em 2016 foi ser embaixador de Portugal em Roma até 2018.

Em 2013 foi o vencedor da primeira edição do Prémio Francisco de Melo e Torres, premiação instituída pela Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa para galardoar quem vencer na a disputa de o Melhor Diplomata Económico.

Em 2018 foi eleito Secretário Executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e foi empossado em 1 de janeiro de 2019.

Parceiros

A Federação Internacional dos Hospitais gostaria agradecer aos nossos parceiros pela sua contribuição na organização do evento:

Veja as oportunidades de patrocínio